Qual o melhor tecido para treinar??

Quando fazemos atividade física aquecemos nosso corpo a uma temperatura acima da que precisamos, e por este motivo transpiramos com a finalidade de resfriá-lo para manter a temperatura, em média, a 36,5 graus. Este suor precisa evaporar com facilidade, é por este motivo que a indústria têxtil, de uns anos para cá, vem desenvolvendo tecidos que proporcionam tais vantagens aos esportistas, profissionais ou amadores, melhorando a performance e o conforto. Estes tecidos são chamados de DRY FIT e tem características próprias de acordo com o material utilizado na sua confecção. Comparando com o algodão percebemos suas vantagens.

uniforme-serativo-alunos

DRY FIT TECNOLÓGICO (100% POLIAMIDA) – a poliamida ou nylon tem como características a alta resistência, fácil lavagem, resiste ao amarrotamento, cerca de 4% de absorção de água, toque agradável e secagem rápida. Uma grande vantagem da poliamida (nylon) em relação ao poliéster é o toque mais sedoso e melhor transpiração (seca mais rápido).

DRY FIT (100% POLIÉSTER) – o poliéster é caracterizado por ter uma ótima resistência, baixo encolhimento, secagem rápida, resistente ao amarrotamento, cerca de 1% de absorção de água. A principal vantagem quando comparado com as microfibras de poliamida é o custo.

 ALGODÃO – o algodão tem um alto nível de absorção do suor. Ele absorve cerca de 11% da água. A princípio isso até pode parecer bom, porém, essa água absorvida demora para evaporar, o que acarreta um peso maior na camiseta e uma sensação desagradável de umidade. Para quem corre longa distância, carregar qualquer tipo de peso extra pode gerar um grande incômodo e até a perda de alguns minutos no tempo final da prova.

Com relação ao preço das camisetas, podemos dizer que temos para todos os bolsos, pois o valor varia muito de acordo com a marca e modelo, indo de aproximadamente R$40,00 até R$140,00.

As camisetas da equipe da SER ATIVO são em   DRY FIT TECNOLÓGICO e custam de R$ 25,00 a R$ 50,00.

Por último deixo um conselho, ter um bom tênis, uma boa camiseta, enfim, tudo que possa agregar a sua prática esportiva ajuda, mas não é tudo, o mais importante é ter determinação, pois, só assim chegamos aos nossos objetivos.

Bons treinos e até a próxima.

Por Sérgio Oliveira professor de corrida e personal trainer da SER ATIVO

Anúncios

Qual a importância dos cereais integrais?

Os cereais integrais são alimentos muito benéficos e importantíssimos para a nossa dieta do dia a dia.

Como são grãos inteiros eles conservam todas as vitaminas e minerais presentes naturalmente nestes alimentos como vitaminas do complexo B, zinco, magnésio, fósforo e vitamina E, que são perdidos no processo de refinamento feito pela indústria alimentícia, esta é apenas uma das inúmeras vantagens em preferir os cereais integrais aos refinados.

Os grãos integrais são ricos em fibras que são fundamentais para o bom funcionamento do intestino, além disso, as fibras “atrapalham” um pouco a absorção do carboidrato e do colesterol, auxiliando no controle dos níveis de colesterol sanguíneo e no controle da glicemia, prevenindo problemas como hipercolesterolemia, placas de ateroma, diabetes e até mesmo a obesidade.

Os cereais integrais nos proporcionam mais saciedade, pois, as fibras também retardam o esvaziamento gástrico fazendo com que a sensação de fome demore mais á aparecer. Como estes alimentos têm uma digestão um pouco mais difícil do que os cereais refinados, o organismo é obrigado á gastar mais energia para digerir estes alimentos, facilitando ainda mais a perda de peso.

Apesar de estes alimentos serem extremamente saudáveis, não devem ser consumidos á vontade, pois, em excesso, também aumentam o peso.

 

Afinal, quem são eles?

Os cereais integrais são eles:

Arroz integral, pão integral, aveia, torradas integrais, biscoitos integrais, macarrão integral, milho, trigo, cevada, etc. 

 

Por Isabela Bernat – Nutricionista da SER ATIVO

A importância de treinar 3 x na semana

corredor-td-artigos

Uma das maiores dificuldades encontradas pelos corredores e caminhantes que vivem em grandes cidades é a continuidade no treinamento, pois a rotina muitas vezes vira um empecilho para se chegar ao local de treino. Por outro lado, treinar ao menos 3 vezes na semana é o mínimo recomendado para que o nosso corpo se beneficie continuamente dos efeitos da atividade física.

Porém a fórmula não é tão simples assim…

O problema não é apenas treinar as 3 vezes na semana, mas sim como distribuir os treinos na semana, de forma que o corpo não fique muito cansado, ou que o período de recuperação não fique longo demais. Ambos os casos são prejudiciais para a nossa performance, por isso a ajuda de um especialista é fundamental.

Explico: quem treina apenas 2 vezes na semana até consegue melhora na sua performance por um curto período de tempo (por 4, no máximo 8 semanas, como a ciência vem indicando) na fase de adaptação ao treinamento, ou seja, naquela fase em que se está saindo do sedentarismo/inatividade para se começar a prática regular de exercícios.

Depois dessa 1ª fase é necessário começar a respeitar alguns princípios do treinamento físico para dar sequência aos benefícios trazidos pela atividade física, como a continuidade no treinamento e a adaptação aos estímulos.

É fácil de entender: o treino não é nada além de um estímulo para o corpo, sendo assim, se uma sessão de treino ficar muito distante da outra o corpo não “entende” que é necessário se adaptar ao estímulo dado.

A maior parte das pessoas leva em torno de 48 horas para se recuperar de um estímulo moderado, e até 72 horas para se recuperar de estímulos muito fortes. Se o próximo treino for feito muito depois desse período o corpo perde o tempo “ideal” para receber o estímulo, e com isso perde também grande parte dos benefícios que a atividade física traz.

Por isso a Ser Ativo sempre incentivou que todos os alunos participem do 3º treino semanal, aos sábados, e a partir do mês de abril passamos a facilitar a vida de todos os nossos alunos ao disponibilizar os treinos on-line na plataforma “Treinus”.

Se o aluno não conseguir comparecer ao treino do dia é só conferir no sistema o que deve ser feito!

Então não deixe de tornar a sua prática mais regular. Essa é a melhor forma de garantir o bom desempenho durante os treinamentos, do seu corpo se adaptar rapidamente aos novos estímulos e de você conquistar os seus objetivos. Vamos treinar!

 

Por Daniel Leite – Coordenador e sócio da SER ATIVO