Atividade física no inverno!

Inverno chegando e a vontade de ficar no sofá quentinho só aumenta certo? Não caia nessa!!

Praticar esporte e atividade física no inverno é essencial para manutenção do peso corporal, qualidade de vida, diminuição de dores e desconfortos musculares, bem-estar e prevenção de doenças.

Bike 19Afinal não se pode só se mexer no calor certo?

Aproveite os meses mais frios e mantenha sua rotina de atividade física e se ainda não tem nenhuma vou dar algumas dicas:

  • No inverno o gasto calórico do organismo aumenta, ou seja, naturalmente você irá queimar mais calorias, logo, para quem procura perder peso esta é uma ótima época do ano;
  • Se o frio e o vento gelado te incomodam muito, procure realizar atividades em locais fechados, como estúdios e academias;
  • Use roupas leves, pois a temperatura corporal aumenta durante a atividade física, se você for cheio de roupas logo irá começar a tirar tudo;
  • Se o frio for muito intenso e a atividade é ao ar livre, proteja as extremidades do corpo como mãos, cabeça e pés;
  • Se você quer chegar no verão com um corpo mais bonito, mais magro ou mais definido, deixar de treinar neste período do ano só vai atrasar o tão sonhado corpo desejado.

O mais importante para que você pratique o ano todo é encontrar uma atividade física ou um esporte que você goste e que tenha a ver com seu estilo de vida! Assim manter a prática da atividade não vai ser nenhuma tortura ou obrigação…você irá pelo prazer que ela proporciona!

Outra dica muito importante, procure sempre um profissional de Educação Física registrado no CREF para orientar suas atividades, assim você terá mais segurança na sua prática.

Bons treinos!

Cassiana, nossa querida aluna conta como a corrida mudou a vida dela!!

Jpeg

Cassiana na prova GRAAC 2016

Comecei minha vida nas corridas em 2012 quando uma amiga me chamou pra participar da Corrida Contra o Câncer de Mama. Jamais imaginei que entraria neste estilo de vida, não colocava fé que conseguiria, achava que não aguentaria correr nada. Mas encarei o desafio e fui e, a partir disso, nunca mais parei de correr.
Na realidade, na infância e adolescência, sempre fui adepta das aulas de Educação Física do colégio, nunca faltava às aulas e participei de campeonatos de vôlei, porém, como não tinha uma alimentação muito regrada, sempre abusei com doces e porcarias o que gerou um pequeno excesso de peso e isso veio a “pesar” uns anos depois.
Na fase adulta, começou aquela correria de trabalhar e estudar e as coisas só pioraram, acabei engordando mais, chegando aos 70 quilos para alguém com uma altura de 1,56cm. Passei a ter refluxo que me incomodava demais, cansaço para andar percursos mínimos e, claro, as roupas passaram a ficar pequenas. Estes foram alguns dos sinais de que eu deveria dar um basta na vida sedentária que estava levando.
Resolvi buscar ajuda com uma nutricionista e também comecei a fazer aulas de Muay Thai que foi aonde conheci a Marie que é a amiga que me incentivou às corridas e a quem agradeço demais por todo o apoio. Consegui perder 10 quilos com a reeducação alimentar e com as atividades físicas. Sem contar que isto melhorou e demais a minha autoestima.
Hoje, sou uma pessoa super consciente de que devemos cuidar e valorizar muito a nossa saúde. Fazer atividade física não é questão de capricho e sim aprender a buscar qualidade de vida, sem contar que melhora tudo. No meu caso, quando corro, sinto uma sensação de liberdade fantástica, é como se nada me impedisse de alcançar e atingir meus objetivos, sinto segurança em ver que sou capaz de tudo e de ir cada vez mais longe, esqueço os problemas e o stress vai embora, sem contar que depois que comecei a correr com a equipe da Ser Ativo ganhei vários amigos. Antes, o correr no parque era solitário e agora, mesmo correndo sozinha sei que temos toda uma equipe junto que nos motiva e faz com que os treinos sejam mais prazerosos e divertidos.
Esta é a minha história no mundo das corridas. Comecei a correr em busca de qualidade de vida e hoje vou muito além, tenho metas e objetivos, aos poucos estou me surpreendendo com meus resultados e, é claro, quero correr mais e mais e mais.

O que você precisa? Nós te ajudamos!

Qual seu objetivo? O que você precisa? Siga as setas, nós te ajudamos!!

o que voce precisa

 

Studio de Treinamento Físico Ser Ativo

É com grande alegria que convidamos você para conhecer nosso novo projeto: o Studio de Treinamento Físico Ser Ativo!
Nosso studio é um espaço para treinamento físico indoor onde com equipamentos, metodologia e exercícios específicos proporcionaremos treinamento complementar para corredores, ciclistas, triatletas, nadadores e outras modalidades.
Mesmo não sendo atleta, qualquer pessoa que deseja praticar atividade física orientada, de qualquer idade, contará com nossa estrutura para os mais diversos objetivos como perder peso, melhorar o condicionamento físico, ganhar autonomia e qualidade de vida, ganho de força e resistência muscular ou prevenção de doenças.
Nossa metodologia consiste em utilizar exercícios livres, funcionais, treinamento suspenso, instabilidade, circuito, levantamento olímpico, kettlebel entre outros.
O espaço comporta até 3 alunos por hora, garantindo assim total atenção do treinador aos alunos, desde o planejamento das atividades, prescrição e correção dos exercícios propostos.
O treinamento é totalmente personalizado, com hora marcada, focando no objetivo e metas do aluno, com avaliação e reavaliação física sem custo adicional.
Alunos da Ser Ativo terão descontos especiais!!
A inauguração será dia 16 de abril, sábado, das 9h às 13h! Teremos café da manhã saudável, massagem e sorteio de 1 mês de treinamento gratuito.
Rua Ouricana, 218 – Jabaquara.

studio inauguracao_roxo

Renato, nosso aluno nº1 contou sua história com a corrida!

Hoje vamos compartilhar a história do nosso querido aluno Renato, nosso aluno número 1 da turma do PQ Ibirapuera, está conosco até hoje!!

Jpeg

Renato recebendo o prêmio de 1º lugar no Ranking Ser Ativo 2015

Comecei na corrida há cinco anos. Sim, modéstia à parte, fui um dos primeiros inscritos para as aulas do Ibirapuera, mas isso é outra história. Não diria que nunca tinha pensado em correr, nem que era o meu grande sonho, mas acho que, no fundo, sempre tive uma grande simpatia por esse esporte.
Nesse tempo peguei gosto pela coisa. Descobri que acordar cedo para correr no parque é algo muito especial. É uma sensação muito agradável correr cedinho, sem fone de ouvido, escutando o som matutino do parque, ouvindo os pássaros, vendo os cisnes e os gansos no lago, observando o movimento lá fora, as outras pessoas correndo e se exercitando também.
Em certos dias dá até pra pensar nas coisas que tenho para fazer durante o dia, organizar as ideias, melhorar seu humor… Opa, mas isso é rapidinho, sem tirar o foco no treino, é lógico!
Se cada louco tem sua mania, acho que encontrei a minha. Correr é muito legal, seja na rua, no parque, nas provas.
Bóra correr?

Janda não desistiu da corrida mesmo com complicações médicas!

jandaJanda é nossa aluna da turma de Treinamento de Corrida à muitos anos e contou sua história pra gente…

Há exatos 5 anos e meio fui mordida pelo bichinho da corrida! Minha primeira prova de 5km terminei em milagrosos 25 minutos, o que me inspirou a continuar, treinar e participar de mais e mais provas!
Correr é a minha forma de meditar….me acalma, me inspira!!
A corrida me ajudou a superar os 4 tumores no abdômen. O último surgiu de repente, à poucos meses antes da minha primeira meia maratona: tudo pago, passagem, hotel, inscrição. Fiz a cirurgia 1 mês antes da prova, e fui assim mesmo.. Não corri 21km, corri 5km e andei o restante..mas não desisti!
Vencer meus próprios limites é o que amo na corrida.
Agora é hora de ter disciplina nos treinos para encarar os 21km e dessa vez sem surpresas, só alegrias!